BLOG DC / 4 dicas para ser um consultor de comércio exterior

4 dicas para ser um consultor de comércio exterior

O profissional que atua como consultor de comércio exterior está apto a encontrar soluções para que as empresas realizem importações e exportações de forma ágil, sem ter problemas com a burocracia.

Na prática, esse consultor é o responsável por ficar atento a assuntos de importação e exportação, sempre levando em consideração o segmento de atuação da empresa em que ele atua. Também é possível trabalhar com Comex de forma autônoma

Para cumprir tal função, esse profissional deve contar com uma série de conhecimentos na área, bem como ser capacitado com uma graduação para compreender como ocorrem os procedimentos relacionados com a logística, as leis e tudo que envolve as relações de comércio internacional.

Com o objetivo de ingressar no mercado e atuar nessa profissão, confira nos tópicos a seguir algumas dicas básicas para ser um consultor de comércio exterior com mais chances de sucesso. 

Entendendo a formação do Consultor de Comércio Exterior

O profissional que atua como consultor de comércio exterior deve contar com as habilidades e os conhecimentos necessários para tal. Sendo assim, é necessário investir em um curso de graduação voltado para essa formação. O curso pode ser ofertado de dois modos distintos: 

Graduação Tecnológica

Nesse caso, o curso tem nível tecnológico e, de uma forma geral, costuma apresentar uma duração média de dois anos para ser finalizado. Ele é mais direcionado na ingressão rápida do aluno ao mercado como um consultor ou áreas correlatas. 

Por essa razão, ele traz disciplinas voltadas em sua maioria para as atividades do dia a dia da carreira de Comércio Exterior.

Bacharelado

Por contar com mais disciplinas, nesse caso o aluno leva quatro anos em média para se formar. O bacharelado conta com mais disciplinas e tenta equilibrar a prática com as principais teorias relacionadas ao trabalho de Comércio Exterior.

Dicas para se dar bem como consultor de comércio exterior

Independente do tipo de curso escolhido, os conhecimentos que abrangem essa área normalmente são: contabilidade, matemática financeira, estatística, logística, economia, línguas estrangeiras e gestão de negócios.

A área do Direito também traz algumas disciplinas relevantes para a atuação dos futuros profissionais. Sendo assim, direito privado, direito comercial, direito internacional são alguns exemplos disso.

Além do mais, é importante também seguir outras dicas pertinentes sobre esse tema. 

1-Invista no conhecimento de outros idiomas

O profissional que trabalha como consultor de comércio exterior vai se deparar no seu dia a dia com situações que implicam em conversar e interagir com pessoas dos mais variados países.   

Posto isso, é importante nunca deixar de lado a prática e o estudo de outros idiomas. Sendo assim, vale pesquisar quais línguas estrangeiras estão em alta no momento, pois são elas que guiam as interações entre empresários, lojistas, consultores e demais envolvidos nessa área.

Nesse caso, inglês, espanhol e mandarim são alguns desses idiomas considerados fundamentais para melhorar a atuação de um consultor de comércio exterior.

2-Interaja e tenha um bom network

Nos dias de hoje é fundamental construir um bom network em qualquer profissão. E isso vale ainda mais no segmento de Comércio Exterior. É nesse contexto que a internet é uma grande aliada, especialmente por causa das redes sociais.

O LinkedIn, nessa situação, é uma das mais adequadas para os profissionais que querem divulgar portfólio e conteúdo relevante a respeito da profissão. 

Com isso, é possível entrar em contato com empresas, comunidades relacionadas ao tema e assim mostrar a sua cara no mercado. Essa mesma rede social também é um meio bastante adequado para criar e divulgar conteúdo, ajudando a estabelecer a sua autoridade no assunto.

Ter um grupo no WhatsApp sobre essa profissão também apresenta algumas vantagens, pois consiste em um meio rápido e fácil de interação.  

3-Procure conteúdos além dos ofertados nos cursos de graduação

De modo geral, os cursos de graduação ainda obedecem a processos e métodos convencionais e, por isso, vale ir atrás de conteúdos mais diversos.

Hoje em dia é possível se deparar com conteúdos diversificados a respeito de consultorias e os conceitos de comércio exterior como este panorama sobre Comex Brasileiro que preparamos. 

4-Atualize-se sobre os principais conceitos da área para consultor de comércio exterior

Assim como em várias áreas de trabalho, o Comércio Exterior é um assunto bastante amplo, ainda mais pelo fato de contemplar vários tipos de conhecimento, que vão desde gestão de negócios, passando por contabilidade e noções sobre logística e cadeia de suprimentos.

Diante disso, é importante sempre pesquisar sobre as novidades na área e procurar conteúdos relacionados com o tema.

Atuar como um consultor de comércio exterior é um grande desafio 

Além de ter a possibilidade de viajar e interagir com diferentes culturas e pessoas, essa profissão conta com bastante prestígio no mercado.

Nesse cenário cada vez mais digitalizado e globalizado, os conhecimentos que o consultor possui são de grande relevância para a gestão de negócios, estratégias de Marketing e Logística.

Portanto, vale investir em um curso voltado para essa área e se especializar no tema. As possibilidades de ganhos financeiros e desenvolvimento pessoal são enormes para quem decide ser um consultor de comércio exterior.