BLOG DC / Abicalçados apresenta visão otimista sobre potencial das exportações para os Emirados Árabes

Abicalçados apresenta visão otimista sobre potencial das exportações para os Emirados Árabes

Mercado-alvo do Brazilian Footwear desde 2013, os Emirados Árabes Unidos foram tema de apresentação realizada na última quarta-feira (170, na sede da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), em Novo Hamburgo/RS. O país foi destino de uma Missão Prospectiva realizada pela equipe da entidade calçadista no último mês de maio, iniciativa da qual resultaram as percepções passadas durante o encontro com calçadistas.

Leonardo Metzger, da Assessoria Executiva da Abicalçados, um dos representantes a irem até o país árabe, destacou o potencial para o setor calçadista brasileiro. Tendo importado mais de 400 milhões de pares em 2015, os Emirados Árabes Unidos são considerados uma porta de entrada para a comercialização em todos os países da região do Oriente Médio.

“Como o consumo local é de 130 milhões de pares, chegamos a conclusão de que o país reexporta boa parte do que compra”, ressalta, acrescentando que o consumo per capita no país chega a 14 pares, um dos mais altos do planeta. Outra característica importante destacada pelo assessor é o ambiente internacional do país, que tem 80% de sua população estrangeira. “Existe espaço para todo tipo de produto”, frisa.

Ambiente favorável

Metzger destaca que o ambiente para negócios é muito favorável nos Emirados Árabes Unidos, sendo que o país ocupa a 22ª posição entre os países mais abertos para negociações internacionais, ranking em que o Brasil figura no 111º posto. “O baixo nível de burocracia e a logística são dois pontos importantes“, comenta. O profissional destaca, ainda, que o Brasil tem apenas 0,5% do mercado de calçados no país e que o potencial para expansão é grande.

“Temos apenas 55 empresas do Brazilian Footwear exportando para os Emirados Árabes Unidos, sendo que ano passado o total de importações para lá foi de 1,9 milhão de pares”, conta Metzger.

Apesar de ser muito dependente do petróleo, commodity desvalorizada nos últimos anos, os Emirados Árabes Unidos têm conseguido, e com êxito, diversificar a pauta econômica, com previsão de crescimento de 3,2% no próximo ano.

Diversificação

A coordenadora de Promoção Comercial da Abicalçados, Letícia Sperb Masselli, que também participou da Missão, destaca a diversificação dos produtos comercializados no varejo local. “Lá, o couro não tem tanta relevância quanto o design”, exemplifica, ressaltando que, em muitos casos, o consumidor nem sabe diferenciar o material de origem animal e o sintético.

A coordenadora ressalta, ainda, que o mark up médio local fica entre 2,4 e 3 para produtos de médio-baixo posicionamento e de 3 a 4,5 para produtos de médio-alto posicionamento. “Também importante destacar o potencial representado pelas sandálias árabes masculinas, que são extremamente valorizadas localmente e possuem alto valor agregado”, aponta a gestora.

Agenda

Na agenda da missão prospectiva realizada entre os dias 22 e 26 de maio, estavam encontros com compradores locais, escritórios de Relações Públicas e consultores de matchmaking para fomento de negócios. A partir da percepção de que o país não possui nenhuma plataforma comercial relevante para investimento e de que os players locais costumam visitar grandes feiras internacionais e os seus fornecedores, o Brazilian Footwear irá desenvolver, nos meses se setembro, outubro e novembro, o Projeto Comprador VIP com foco nos Emirados Árabes Unidos. A indicação dos compradores será realizada pela consultoria contratada pelo programa, a IFP Group.

No próximo dia 22, a Missão Prospectiva será apresentada para calçadistas de Igrejinha/RS, no Vale do Paranhana. O encontro será na sede do Sindicato das Indústrias de Calçados de Igrejinha às 17 horas. No dia 30, a equipe estará em São Paulo, para apresentações em Franca e Birigui, às 8h e 19h, respectivamente.

Fonte : Abicalçados

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.