Cresce importação de alho no Brasil

As importações de alho chinês no Brasil aumentaram em 67% em 2016, o que representa já um terço do total de alho no país. A importação em grande escala começou no ano 2000 e o tempero desempenha importante papel na relação comercial entre os dois países. Segundo o Ministério da Indústria e Comércio Exterior, o valor das importações de alho já superou ao de equipamentos de ar condicionado, lâmpadas e placas de controle de dispositivos eletrônicos da China.

O boom das importações registrado no ano passado se deve principalmente às liminares da Justiça beneficiando o mercado externo. Segundo o presidente da Associação Nacional dos Produtores de Alho (Anapa), Rafael Corsino, o preço por caixa de alho chinês chega a R$ 50, enquanto o custo de produção de alho local é de pelo menos R$ 80.

Os produtores nacionais esperam por renovação de incentivos fiscais na tentativa de melhorar o desempenho interno. O plantio da próxima safra começa ainda neste mês, mas já há um planejamento de redução da área de cultivo para evitar complicações na colheita.

 

Compartilhe nas Redes Sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn

Assine a nossa Newsletter

Notícias Mais Lidas

Categorias

Conheça nossos e-books

Pular para o conteúdo