BLOG DC / Empresas brasileiras de couros e calçados faturam US$ 290 milhões em feira na China

Empresas brasileiras de couros e calçados faturam US$ 290 milhões em feira na China

A delegação brasileira presente na All China Leather Exhibition (ACLE) deixou Xangai no último dia 2 setembro celebrando a realização de mais de 200 contatos comerciais, a geração de US$ 38 milhões em negócios imediatos e US$ 254 milhões para os próximos meses. A feira, uma das mais importantes para o setor de materiais para couros, calçados e artefatos reuniu mais de mil expositores e 23 mil visitantes de países como Coréia, Turquia, Alemanha, Itália, Estados Unidos, entre outros.

A participação brasileira foi promovida pelos projetos Brazilian Leather e Footwear Components by Brasil – parcerias entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) com o Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e a Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couros, Calçados e Artefatos (Assintecal), respectivamente. A delegação nacional levou pela primeira vez ao exterior o Inspiramais, com os projetos Fórum de Inspirações, Ecodesign, Preview do Couro e Referências Brasileiras, que integraram uma exposição em uma área de 60m².

O espaço brasileiro onde foram apresentados os projetos do Inspiramais – único Salão de Design e Inovação de Materiais da América Latina – contou ainda com a presença maciça de jornalistas internacionais, que se impressionaram com a qualidade e o design das matérias primas brasileiras expostas no Ecodesign, Preview do Couro, Referências Brasileiras e Fórum de Inspirações.

Aqueles que passaram pelos corredores da All China ainda puderam ver de perto o diferencial dos materiais para o setor coureiro calçadista do Brasil, que se destacam no mercado internacional por sua criatividade, atendimento e capacidade de entrega aliados à inovação e ao design. Diferenciais esses apresentados pelas quatro indústrias químicas e 24 curtumes presentes.

“Tivemos um bom número de visitantes, que ficaram satisfeitos com os projetos do Inspiramais, como o Preview do Couro, que agradou bastante todos os presentes. Geramos US$ 38 milhões em negócios imediatos e US$ 254 milhões de negócios a longo prazo, para até 12 meses”, celebra o presidente executivo do CICB, José Fernando Bello.

Outro ponto alto foram as rodadas de negócios realizadas. “Participamos também de rodadas de negócios com 40 compradores de móveis da China, organizadas pela APFL, que tiveram a presença de empresas brasileiras de couro e materiais”, conta a superintendente da Assintecal, Ilse Biason.

Fonte: Comex do Brasil

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.