O que você precisa saber para realizar uma importação aérea segura e eficiente

O que você precisa saber para realizar uma importação aérea segura e eficiente

Realizar uma importação aérea segura e eficiente é fundamental e precisa ser uma preocupação de quem atua no segmento. 

Isso porque, apesar de o modal marítimo ainda ser o responsável pela maior locomoção de cargas no mundo, os aviões também têm expressivo valor, por inúmeros motivos como, por exemplo, a segurança envolvida no processo.

Sobretudo para quem lida com cargas altamente frágeis, este se torna um modal relevante para que não hajam danos com as mercadorias, fazendo com que elas cheguem ao seu destino em perfeito estado. Esse certamente é o seu desejo, certo?

Portanto, você precisa prestar bastante atenção em cada item indispensável para que a sua importação ocorra como esperado. De todo modo, na lista de vantagens do modal aéreo, é possível encontrar agilidade, capacidade de rastreio e algumas variações de serviços, que devem se adequar às suas necessidades.

Neste conteúdo, você verá tudo o que é imprescindível para realizar uma importação área segura e eficiente, incluindo tópicos cruciais que não podem passar despercebidos na operação. Continue a leitura e confira!

Pontos essenciais para ter uma importação aérea segura

O que você precisa saber para realizar uma importação aérea segura e eficiente

Atenção à legislação

Após decidir qual será a forma de transporte para o seu negócio, é hora de garantir clareza acerca da legislação que viabilizará a viagem. Essa é a maneira mais assertiva de evitar problemas que apenas trarão dor de cabeça.

Para quem embarca cargas perigosas, o foco deve estar na IATA – Associação Internacional de Transportes Aéreos, que faz a regulamentação. Ela observa aspectos como peso e limite de altura permitido, além de embalagens. Por isso, trate de averiguar se cada passo está sendo devidamente cumprido antes de encaminhar as mercadorias à triagem.

Já em um âmbito geral, saiba que a lei voltada para a certificação e detalhamento de importação é a IN SRF nº 102/1994. Assim, vale a pena ler o artigo que “disciplina os procedimentos de controle aduaneiro de carga aérea procedente do exterior e de carga em trânsito pelo território aduaneiro”, no intuito de conferir se tudo se enquadra na lei.

Tenha a documentação necessária em mãos

Outro ponto que requer máxima atenção se refere aos documentos necessários para uma importação área segura. Os principais são:

Quanto ao Licenciamento de Importação, ele pode ou não ser uma exigência, basta consultar o Simulador de Tratamento Administrativo de Importação do Sistema do Siscomex.

O que você precisa saber para realizar uma importação aérea segura e eficiente

Caso você descubra que ele é uma exigência, deverá realizar a emissão sob a anuência do órgão brasileiro competente, que você identifica no próprio simulador.

Agora, se o licenciamento não for uma necessidade, basta fazer o registro da Declaração de Importação (DI) e verificar se a operação almejada se alinha aos termos dos artigos 14 e 15 da Portaria Secex nº 23/2011.

Avalie a urgência da carga e as especificações das mercadorias

Para a escolha do serviço de frete, você deve ter em mente que ele varia conforme a urgência da carga e as especificações das mercadorias.

Nesse sentido, é útil estabelecer um tempo para chegar ao destino pretendido com base no seu modelo de negócio e atual momento. 

Após essa etapa, é importante ter clareza quanto ao que será locomovido no transporte, pois isso auxilia em uma escolha realmente inteligente.

Geralmente, as importações e exportações são executadas em voos comerciais, no compartimento de cargas da aeronave, através do serviço PAX (Passenger Aircraft). Entretanto, a utilização dele exige que a mercadoria respeite diversos requisitos impostos pelo IATA.

O que você precisa saber para realizar uma importação aérea segura e eficiente

Ao optar por determinado contrato, você pode escolher o serviço com o prazo de entrega que mais faça sentido para você, tendo em vista aquela já conhecida regra de que os títulos “express” são mais caros, mas também mais rápidos e os títulos “standard”, mais procurados. Nesta opção, as mercadorias são abrigadas no próximo voo com espaço hábil.

Fique atento aos procedimentos logísticos de importação área

Além de tudo que você viu até aqui, para uma importação aérea segura, não se esqueça de se informar a respeito dos procedimentos logísticos necessários.

Com isso, é de grande valor ter em mãos, no ato do processo, o documento de Conhecimento de Embarque, já mencionado anteriormente, pois ele comprova o recebimento da mercadoria na origem.

Outro procedimento necessário é a execução do Termo de Entrada pela Receita Federal, que funciona como uma afirmação da chegada da carga no recinto alfandegado sob a jurisdição da URF (Unidade da Receita Federal) de despacho.  

Ao concretizar a viagem, a carga é direcionada para o Terminal TECA (Terminal de Cargas) do aeroporto em questão para ao fim haver a etiquetagem com o código de barras.

Nesse ínterim, antes do armazenamento da carga, é feita a verificação da quantidade de volumes, peso, embalagem, natureza, etc, com o objetivo de confirmar se está alinhada ao disposto no Conhecimento de Embarque. 

Somente assim, há a liberação para que a companhia aérea faça o tratamento específico das mercadorias e coloque-as nos locais corretos.

E então?

Como vimos neste conteúdo, conseguir realizar uma  importação aérea segura é uma prática totalmente possível, tendo como norte essencial o cumprimento das medidas cabíveis.

Entretanto, ficou claro que muitos processos e documentos são necessários para que toda a operação ocorra dentro do planejado. 

Caso você a sua empresa não tenha tempo hábil para dedicar a esses pontos tão essenciais para uma logística de qualidade, saiba que um agente de carga pode viabilizar o processo, mantendo você informado sobre as etapas em tempo real.

Por fim, pensando em ajudar você ainda mais, preparamos um guia totalmente gratuito com o passo a passo que vai garantir que a sua mercadoria chegue ao país de forma segura e dentro das leis

Compartilhe nas Redes Sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn

Notícias Mais Lidas

Categorias

Assine a nossa Newsletter

Conheça nossos e-books

Pular para o conteúdo