O agronegócio no mercado de exportação brasileiro e a escolha da logística certa [é mais fácil do que você pensa]

O Brasil é imenso em vários sentidos. Somos um dos maiores no mercado de exportação mundial e no agronegócio. Ao mesmo tempo, existem vários produtores que ainda não ganham dinheiro com isso.

Aqui na introdução seremos breves: o que queremos é que você veja como entrar no mercado de exportação pode ser uma escolha inteligente. Depois, queremos que entenda o porquê escolher o modal logístico certo pode ser o seu diferencial para chegar a outros países.

E para que você não se perca na leitura, dividimos esse conteúdo em tópicos.

Em um primeiro momento, vamos mencionar a teoria, com o tópico sobre o que é exportação. Depois, as pesquisas de mercado internacional (o que inclui o agronegócio como mercado em potencial). Por fim, dicas sobre como entrar no mercado de exportação e como fazer a escolha da logística. Vamos nessa?

O que é o mercado de exportação

O conceito por trás do mercado de exportação diz que é uma atividade de comércio, entre bens e serviços, de um país para outro. Além do mais, a explicação cita que o objetivo para a empresa está voltado para a diversificação do mercado consumidor, diminuindo os riscos de ficar condicionado a uma única economia nacional.

Ah, é bem simples entender a importância do mercado externo se avaliarmos que estar em vários mercados pode contrabalançar alguns resultados ruins de um país ou outro. Sabe aquela ideia de não colocar todos os ovos na mesma cesta, que usam nos investimentos? É isso. Diversificar!

Sem contar que temos uma valorização do dólar, ou seja, essa moeda é mais forte que a nossa e isso é bom para quem vai ganhar dinheiro com a exportação. Bem, não vamos alongar o tópico porque deve ter ficado claro o que é a exportação, correto?

O que o Brasil exporta

Para complementar esse tópico inicial, também vamos falar sobre o que o Brasil exporta. Ou seja, o mercado de exportação brasileiro é formado por quais tipos de produtos? Se for citarmos uma ordem dos “campeões das exportações”, você verá o agronegócio em alta.

Por exemplo, somos líderes em exportar soja, celulose, milho, café, carne bovina e de frango. Ainda vem o petróleo, o minério de ferro e outros. Ah, vamos deixar para falar mais disso nos próximos tópicos, já que pesquisas de mercado internacional foram feitas recentemente.

O que nos importa para esse primeiro momento é considerar que as exportações brasileiras bateram recordes até a metade do ano de 2021, conforme dados do Governo Federal. Então, se você quer saber como anda as exportações brasileiras, saiba que anda muito bem.

As pesquisas de mercado internacional

Recentemente, a Apex-Brasil fez duas pesquisas de mercado internacional sobre o mercado de exportação brasileiro. Em uma delas cita os principais mercados que possuem alto potencial para o Brasil. A outra fala sobre as oportunidades para o futuro.

Veja um trecho de cada uma delas!

Apex-Brasil identifica oportunidades no mercado agro. Nessa matéria, o que se vê é que alguns países estão se mostrando interessados em mercados “diferentes” do que era tradicional. México gera oportunidades para insumos para calçados e móveis, por exemplo. O Reino Unido é uma ótima chance para quem exporta frutas.

Apex-Brasil mapeia mercados com alto potencial para exportações. Nessa próxima matéria não dá para não dar atenção para o fato de que o país chegou a 150 mercados externos para produtos agropecuários. Por isso, em 2021, o agronegócio representou 21,8% de todas as exportações nacionais.

De um modo resumido, vemos algo que é bem comum de ser comentado entre os especialistas do mercado internacional: o Brasil tem ótimo potencial para o agronegócio, que já é um mercado muito interessante do ponto de vista financeiro.

Ao mesmo tempo, existem ainda algumas pessoas que se perguntam: por que exportar? Bom, a verdade é que há mil e um motivos para isso, inclusive, a questão de diversificar o mercado e conseguir alavancar as vendas. Veja como isso pode ser mais simples do que parece.

Como entrar no mercado de exportação

Essa é uma dúvida que muita gente tem. Especialmente, os empreendedores ousados, que querem ver seus negócios decolarem mundo afora. Mas, a dúvida que paira no ar é: como entrar no mercado de exportação?

A verdade é que esse tópico pode não ter uma resposta certeira para você. E sabe por quê? Porque os requisitos, condições e até mesmo as estratégias vão depender muito do mercado. Ah, e não estamos falando sobre o mercado do agronegócio, mas algo mais detalhado.

Para você entender melhor isso, vamos citar o exemplo da exportação da madeira. Já falamos disso aqui no blog, você lembra? (Se não leu ainda, leia aqui).

As indústrias madeireiras que querem chegar a outros países vão precisar apresentar documentos como fatura comercial, romaneio de carga, certificados, registros e muito mais. Depois, tem que conhecer as regras do mercado que vai importar os produtos.

E aí vem também um dos requisitos mais importantes de todos: o planejamento da logística. Mais do que saber como andam as exportações brasileiras, você precisará ter a sabedoria de saber como fazer esse “envio” de madeiras para qualquer lugar do mundo.

A exportação brasileira no agronegócio atualmente

Com certeza, o que você já deve ter ouvido falar é que o Brasil é um centro de distribuição para o setor agrícola, não é verdade? Afinal, exportamos carnes para mais de 130 países, sem falar das frutas, cafés, produtos orgânicos e muito mais.

E vimos acima, no último tópico que existem vários pontos a serem abordados nessa hora. No caso da logística, você sabia que existem empresas especializadas nesse assunto? Por exemplo, vamos voltar a falar do exemplo da madeira para você entender isso.

Ela exige o carregamento de contêiner, verificação das embalagens, etiquetas de monitoramento, temperatura da madeira, fiscalização de carga e descarga, além de outros detalhes. Aí, muita gente se desespera. Mas, não precisa desesperar!

A DC Logistics Brasil é uma das mais conceituadas empresas de logística do país e faz todo planejamento para a exportação, especialmente, para quem atua no agronegócio brasileiro.

Se você ficou interessado nisso e quer decolar nas suas vendas chegando a outros países, uma boa ideia é fazer uma cotação online deste frete. Esse primeiro contato pode ser decisivo para você se tornar uma empresa internacional.

Cotação de frete com a DC Logistics Brasil

 

Por que exportar com a logística certa?

Talvez esse tópico não precisasse estar aqui, é verdade. Só que ao chegar ao fim do texto pode ser que você ainda não esteja convencido sobre o assunto. Então, criamos algumas linhas finais para que você entenda a importância da logística para exportação.

Falamos da madeira e agora vamos falar da manga, ok? O exemplo é a melhor forma de compreender alguns temas. Em 2020, a receita com as exportações de manga no nosso país foi de US$ 214 milhões até novembro. O volume foi de 211 toneladas.

Ou seja, quem é um produtor de mangas tem muitos motivos para pensar na exportação, além do mercado interno, você não acha? Aí é que vem aquele detalhe da logística: você sabe qual é a melhor forma de exportar mangas?

A sua resposta pode ser o modal aéreo. Mas, lembre-se que em 2020 tivemos “problemas” devido ao cancelamento de voos com a pandemia. Como consequência, hoje em dia a melhor opção é o modal marítimo, que faz o carregamento de contêineres.

Como a gente sabe disso tudo? Ah, aqui chegamos ao fim do texto: A DC Logistics é uma companhia muito dedicada, que faz estudos, pesquisas do mercado internacional e consegue oferecer todo tipo de modal para o transporte do agronegócio. Vale a pena conhecer!

Compartilhe nas Redes Sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn

Notícias Mais Lidas

Categorias

Assine a nossa Newsletter

Conheça nossos e-books

Pular para o conteúdo